Posted by : Luke Nuken sábado, junho 08, 2013

Finalmente foram reveladas informações sobre o sistema muito esperado de Guilda vs Guilda (GvG ou AvA). Aqui vai um resumo do megapost do Lyafar no fórum, cuja versão inteira pode ser vista aqui.


  Uma gama maior de opções e planejamento de jogo.


Ao que me parece, a Ankama quer deixar o tradicionalismo de lado por este primeiro momento, e com este upgrade de jogo, criar um sistema novo que pode - e vai - mudar completamente o estilo de jogo. A empresa também quer que cada servidor se diferencie, com uma forma de Geopolítica: As alianças são livres, logo um servidor pode ter centenas delas em batalha constante, ou apenas uma mega-massa (como uma ditadura) de guildas e o líder governaria com paz total no mundo. Ou seja: A Ankama não quer que apenas desfrutemos do que eles criam, quer que nós sejamos capazes de criar o nosso jogo.

Terra a vista! A Ankama joga com os pés no chão.


Um dos principais objetivos do sistema é que as Alianças sejam uma forma dos jogadores controlarem o mundo dos 12 em seu servidor, impondo novos desafios àqueles que acham que já fizeram de tudo, e criando um mundo que pode ser desde uma grande ditadura, uma terra sem dono ou até uma utopia de uma única aliança. Isso depende de você - e do resto de sua comunidade. Outro objetivo é que cada membro de cada guilda possa ter seu cargo e sua função, e que a falta de habilidade no cargo em questão possa prejudicar sua guilda - ou até sua aliança.

As Guildas contra os Alinhamentos.


Segundo a Ankama, as conquistas de território e dons de alinhamento não são um sistema que funciona corretamente, logo preferiu dar uma maior importância para as guildas, e menos para os alinhamentos, pois elas são uma forte estrutura social, já que os alinhamentos por eles criados é um sistema totalmente rígido onde os jogadores não possuem poder algum sobre suas ações, e sequer partilham das mesmas ambições - e nem tem um nível social próximo. Com o PVP de alinhamento, não era possível a criação de conteúdo pelo jogador.

Já as guildas por outro lado, são uma ferramenta social perfeita: Possuem um líder, pessoas para alavanca-la e membros reunidos por objetivos em comum.   

Não rumamos a extinção dos alinhamentos... Mas ele nunca mais será o mesmo.


O futuro dos alinhamentos é que sejam uma história a seguir. Para isso, a Ankama planeja re-ver as missões, e transformar as asas em recompensas por elas, ao invés dos tradicionais pontos de honra. Mas isso é para o futuro.
A rivalidade de Bonta e Brakmar poderá ser alimentada, afinal nada impede que uma aliança seja formada apenas por Bontarianos, ou Brakmarianos.

Criação de uma aliança:




Obviamente, a penas os líderes da guilda poderão criar uma aliança, com um item irmão da gema da união: a gema de aliança;

O jogador deverá escolher um nome para sua aliança, um brasão e uma tag. A tag corresponde a um diminuitivo do nome da aliança, ela será composta de 3 a 5 caracteres e será exibida entre colchetes. Ela poderá corresponder às iniciais do nome da aliança ou a algo completamente diferente. A aliança "Unidos da NeveFoux" poderia, por exemplo, escolher a tag "UnNF" ou "NFNw". Esta tag será única em um mesmo servidor (duas alianças não poderão ter a mesma tag).

Uma vez que a aliança está criada (a guilda do líder será automaticamente adicionada à aliança), o líder poderá recrutar outras guildas, se os líderes respectivos aceitarem. Em breve será adicionado um anuário in game listando todas as alianças.

O líder teria facilidades... Ou dificuldades?


Aparentemente,  gestão das alianças será muito simples, só existirá o equivalente de um único direito, ser o líder da aliança.

O líder poderá recrutar e expulsar outras guildas. Os líderes das guildas de uma aliança terão a possibilidade de sair de uma aliança quando eles desejarem, mas sem que possa se fazer parte de mais de uma aliança por vez.
O antigo canal de alinhamento dará lugar ao canal \a, para alianças.

A Ankama inclusive pensa em futuramente mudar o sistema de cargos e direitos, para que isso seja menos caótico.

Estética das aliadas




Serão exibidas ao passar o mouse sobre os personagens as informações atuais, acrescentando o brasão e a tag da aliança. O nome da aliança não será mostrado inteiramente, afim de despoluir a caixa de personagem.



No mapa global do jogo, a tag e o brasão das alianças serão exibidos ao passar o mouse sobre as áreas que elas controlam.


Assim como os escudos de guilda, existirá um escudo de aliança, igual ao de guilda, com contornos diferentes.
Também serão adicionados dois novos emotes, para exibir o brasão da aliança ou da guilda que se pertence.

Os bons e velhos coletores enfrentarão menos poluição visual em suas batalhas




Os combates de Coletores serão modificados e serão em 5 vs. 5 (+ Coletor), no máximo.  Com os combates em 5 vs. 5 no máximo, facilitará o ataque e a defesa dos Coletores e reduziremos a duração média dos combates.

Todos os membros da aliança poderão defender os coletores das guildas da aliança, porém os membros da guilda do coletor terão prioridade na defesa dele.

Os coletores não poderão ser atacados por personagens inferiores ao level 50, porém também não serão tão fortes, afim de tornar mais simples vencer pela derrota do mesmo.   
 

O novo prisma




As alianças terão a possibilidade de colocar prismas em diferentes áreas do jogo para desfrutar de um bônus de 25% de experiência e de drop na área. Os prismas não terão mais a função de locomoção.

A conquista territorial implica no ataque de um prisma, que ocorrerá em duas fases: o combate inicial e o combate final.
O combate inicial é parecido com o de um ataque de Coletores, isto é, um combate 5 vs. 5 contra o prisma, que pode ser iniciado a qualquer momento. Os defensores são avisados do ataque e podem se juntar a defesa. Se o prisma não for derrotado, tudo continua como está.

Se o prisma for derrotado, ele passa do estado normal para o estado enfraquecido, e não pode mais ser atacado. A batalha final será realizada na área do prisma entre 24 e 48 horas depois, na hora de defesa, dado escolhido pelo líder da aliança. Os membros de uma aliança terão acesso à lista de prismas que controlam e poderão facilmente conhecer os horários dos combates finais para organizar uma defesa.

O Verdadeiro combate


O combate será feito por uma superioridade númerica: a aliança presente na área e que está com superioridade numérica faz crescer seu contador. Se esse totalizar 30 minutos seguidos de superioridade, ele ganha a vitória e pode colocar o seu prisma ou retornar o seu para o estado normal.

Quanto mais guerreiros de uma aliança, mais pontos numéricos ela terá, e quanto maior o nível deles, mais pontos eles valerão. Personagens de level inferior a 50 não contarão.

Para manter ou reconquistar a superioridade numérica de uma área, as alianças terão que levar o máximo de tropas e fazê-las lutar para impedir seus adversários de ter a superioridade numérica.

Em efeito, cada personagem derrotado em um combate AvA será automaticamente transformado em um túmulo e não renderá nenhum ponto para a superioridade numérica. Ele então estará eliminado da defesa ou ataque daquela área, e não contará pontos, mesmo que volte até lá em modo normal.

Personagens em combate não contarão, por isso é aconselhável preferir os combates mais curtos.

As vilas das guildas


A partir de agora as vilas de conquistas serão conquistadas pelas alianças, e apenas poderão ser acessadas por aqueles que fazem parte dela. Se não for bom em combates, diga adeus para sua visitinha mensal à vila Zoth.

Os recursos presentes exclusivamente nas vilas de conquista, a fim de não prejudicar aqueles que detestam o pvp, poderão ser encontrados fora delas, porém limitadamente.
O mesmo vale para os monstros.

O combate sem feitiços nem armas


Para que durante as batalhas finais exista um combate e uma perseguição, os itens de dons dados pelos alinhamentos serão removidos do jogo e darão lugar a um novo tipo de habilidade, que deve ser cuidadosamente distribuída pelos mestres da aliança:

Curandeiro: permite ressuscitar um personagem transformado em tumba. Ao ressuscitá-lo, ele voltará a contar pontos no cálculo de superioridade numérica e participar dos combates na área de conflito.

Coveiro: poderá liberar almas transformadas em tumbas e as enviar diretamente para o cemitério sem a sua própria vontade.

Vigia: poderá expressar sua bravura e atacar automaticamente os membros das outras alianças que passarem nas proximidades (6 casas atualmente) dele em uma área de conflito.

As alianças devem tomar cuidado para repartir bem os papeis de suas equipes, a falta de Coveiros em um conflito poderia ser... mortal!
Os itens de alinhamento futuramente serão reformulados, e caso estas funções novas forem bem sucedidas, serão expandidas.

As poções de teletransporte agora tem um "tempo de encantamento" - 5segundos para fazer efeito. Tudo para evitar fujões de escaparem dos combates quando perceberem uma agressão mortal.

 E quem quer apenas viver em paz, matando Dragões e outros seres inofensivos, como o Conde de Hegressive, por exemplo?


As guildas não serão obrigadas a se unir ao sistema de alianças e nem as alianças serão obrigadas a dominar territórios e lutar: Podem se unir unicamente pelo chat "\a" e confirmar a sua aliança.

Os neutros agora não devem mais se preocupar também: Não será mais possivel que eles sejam agredidos, fazendo assim com que o PVP seja apenas para quem quer ver sangue.

Da mesma forma, as agressões entre alianças só serão possíveis em áreas de conflito e unicamente entre os personagens que terão o modo AvA ativado. Também será possivel enfrentar monstros na área de conflito, e para não ser incomodado basta manter o AvA desativado.

E Oto-Mustam, como fica?


Bem, provavelmente o líder Brakmariano vai adorar ver seus recrutas decapitarem pessoas por aí, e em breve a versão do GvG para o servidor será anunciada.


Ultimas observações


As alianças poderão ser formadas por apenas uma guilda.

Assim como ataques de coletores, não será possível participar de um mesmo combate com duas ou mais contas.

Os pontos de honra serão revistos em uma breve atualização, e o sistema PVP alinhamento também, bem como os escudos.

Os escudos não poderão ser usados em defesa de aliança.

O velocidade de locomoção de fantasmas será aumentada.
http://www.dofus.com/pt/devblog/artigos/aliancas-guerras-guildas

Leave a Reply

Subscribe to Posts | Subscribe to Comments

Menu

Curta nossa Page no Face!

Notícias Oficiais

Tecnologia do Blogger.








Curta nossa Page no Face!


- Copyright © Hey Manollo's -Robotic Notes- Powered by Blogger - Designed by Johanes Djogan -